DIREITO SISTÊMICO E O USO DAS CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS